Instituto BRF anuncia startups selecionadas para o programa Ecco Comunidades

O Ecco Comunidades contará com oito negócios que possuem soluções inovadoras para a redução da perda e desperdício de alimentos participarão do programa

O Instituto BRF, responsável pelos investimentos sociais da BRF, em parceria com o Quintessa e o Prosas, selecionou oito startups de impacto socioambiental para fazerem parte da primeira edição do Ecco Comunidades. O programa tem como objetivo apoiar soluções que atuam na redução de perdas e desperdícios de alimentos, além de promover o desenvolvimento territorial a partir da aceleração e implementação de suas soluções em cinco municípios onde a empresa está presente: Dourados (MS), Lucas do Rio Verde (MT), Nova Mutum (MT), Rio Verde (GO) e Uberlândia (MG).

Na última etapa da seleção, o Pitch Day, 13 empreendedores(as) apresentaram para integrantes do Instituto BRF, da BRF, OSCs (organizações da sociedade civil) e atores locais, as suas soluções para a redução da perda e desperdício de alimentos. Os candidatos eram startups em estágio operacional e com soluções prontas para implementação ou que fossem facilmente adaptadas.

De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), cerca de um terço do alimento no mundo é desperdiçado e 14% é perdido antes mesmo de chegar ao comércio. Entendendo as especificidades da perda e desperdício na cadeia produtiva e de consumo do Brasil e a necessidade de reduzir a perda e desperdício de alimentos, foi criado o programa Ecco Comunidades.

“O Instituto BRF trabalha desde 2012 para promover o desenvolvimento e a inclusão nas localidades onde a empresa está presente. Com o Ecco Comunidades, queremos promover impacto social positivo por meio da inovação, ampliando nossos esforços para combater o desperdício de alimentos e promover segurança alimentar em parceria com a sociedade civil. O programa faz parte de uma série de ações do Instituto BRF e da empresa que tiveram início com a plataforma que batizou a iniciativa, o Ecco, Especialista de Consumo Consciente que educa e sensibiliza para esse desafio global”, diz Bárbara Azevedo, gerente do Instituto BRF.

A turma formada possui soluções para diversos elos da cadeia de alimentos: Já Entendi, ManejeBem e Sumá atuam com a capacitação de pequenos produtores da agricultura; Connecting Food e Whywaste propõem soluções para a redução do desperdício em comércios; Eats For You e Gastronomia Periférica promovem geração de renda a partir do aproveitamento de alimentos; e a Lemobs promove a gestão da alimentação escolar.

As oito startups selecionadas participarão de um programa de aceleração no qual, ao longo de 4 meses, participarão de workshops em grupo e receberão apoio individualizado de um gestor do Quintessa e de executivos da BRF para atuar nos desafios estratégicos de cada negócio. Ao final dessa etapa, estarão elegíveis para serem selecionadas para a segunda fase do programa, durante a qual poderão implementar suas soluções nos territórios de atuação da BRF.

Cada iniciativa receberá até R$90 mil e terá, ao longo de 4 meses, o apoio do Quintessa na implementação dos pilotos e das OSCs locais com atuação relevante nos territórios para que possam acompanhar e apoiar o desenvolvimento dos projetos, trazendo legitimidade e articulação local.

Anna de Souza Aranha, diretora do Quintessa, aceleradora de impacto referência no Brasil e parceira da iniciativa, comenta: “a iniciativa mostra o potencial de colocarmos a inovação como lente para a geração de impacto positivo, reunindo diversos atores para lidar com esta temática complexa. Durante a seleção identificamos diversas startups de impacto com alto potencial e as oito selecionadas revelam a qualidade das soluções”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

mais lidas dos últimos 7 dias

Nenhum dado até agora.

mais lidas dos últimos 30 dias

Nenhum dado até agora.

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine a nossa newsletter.

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Revista AviSite

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

POR DATA:

Busca por palavra chave ou data

POR DATA:

mais lidas dos últimos 7 dias

Nenhum dado até agora.

mais lidas dos últimos 30 dias

Nenhum dado até agora.

OvoSite
PecSite
SuiSite

Revista AviSite

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

logo (1)

Na 38a edição da Conferência FACTA 2021, dois dos quatro prêmios José Maria Lamas da Silva, concedidos para os melhores trabalhos científicos nas áreas de Produção e Outras Áreas, utilizaram modalidades de inteligência artificial com modelos fuzzy e mineração de dados em Avicultura de Precisão. Página 32.

logo (2)

Encontrar com rapidez e precisão o ponto ideal de atuação economiza tempo e dinheiro e faz com que as empresas percebam rapidamente o retorno positivo das estratégias definidas e ações corretivas adotadas. Página 22.

2

Atingir melhor eficiência produtiva das aves é uma das questões que têm tirado o sono do produtor diante do quadro de recordes nos preços dos grãos, principais insumos de produção. Com a nutrição atingindo cerca de 80% dos custos, qualquer alteração na formulação de dietas para reduzir o impacto dos preços elevados pode fazer uma diferença importante. Página 46.

logo

Você sabia que pintainhos possuem bactérias no sistema digestório antes mesmo de eclodirem? Para entender de onde vêm as bactérias nos pintainhos recém eclodidos, é importante compreender as diversas possibilidades de colonização bacteriana precoce. Apesar do que muitos acreditam, os ovos férteis, mesmo passando por diferentes formas de higienização e desinfecção, não são estéreis. Página 54.

logo-17-05-2021

A cadeia da produção animal está novamente colocada diante do desafio do aumento de custos de matérias-primas em várias frentes. O milho chama atenção, mas soja e os micro ingredientes também encareceram, tanto pela quebra de safras, entre outros fatores, quanto pelo aumento do dólar. Se a alta de custos dos ingredientes é uma realidade, a tecnologia pode apontar caminhos. Página 36.

3

Os carboidratos representam a principal fonte de energia na alimentação animal. Eles são encontrados principalmente em cereais ou subprodutos de cereais. Contudo, além do amido, os principais carboidratos ricos em energia, os cerais contém polissacarídeos não amiláceos (PNAs) ricos em energia, os cerais contém polissacarídeos que não são facilmente digeridos no intestino delgado de aves e suínos. Página 50.

1

O custo das matérias-primas tem impactado no aumento do custo das rações de frangos de corte, sendo que, o potencial de aproveitamento dos nutrientes das rações pode ser melhor explorado com o uso de estratégias capazes de otimizar a digestibilidade e a absorção destes nutrientes, garantindo assim, a redução do custo final das formulações e/ou otimização do potencial genético das aves. Página 60.

2

Quem se dedicou à tarefa de analisar os balanços das duas principais empresas do setor no segundo trimestre de 2021 deve ter notado que, embora fortes concorrentes entre si, ambas apresentaram pelo menos um argumento em comum para justificar os fracos resultados do período: o encarecimento do custo de produção naquele que, provavelmente, é o momento mais difícil e desafiante da economia e do consumidor brasileiro. Página 62.

Open chat
Fale agora no WhatsApp